Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo
Siga-nos:

SEQUETRADOR DO RIO, NÃO É E NUNCA FOI VIGILANTE

ESCLARECIMENTO: SEQUETRADOR DO RIO, NÃO É E NUNCA FOI VIGILANTE!

A ABCFAV (Associação Brasileira de Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes) vem a público esclarecer erro de informação do portal UOL, entre outros veículos de notícias.
 
Ao contrário do que foi divulgado, o sequestrador de um ônibus, que foi alvejado pela polícia do Rio de Janeiro na terça-feira, 20, não é vigilante.
 
Para exercer essa profissão, é necessário a realização de curso preparatório em instituição habilitada e fiscalizada pela Polícia Federal.
 
Conforme determina a Lei 7102/83, um dos requisitos para a inscrição no curso é ter 21 anos completos, que não foi o caso da pessoa em questão, que tinha 20 anos.
 
A formação do profissional vigilante demanda cumprimento de carga horária específica, realização de rigorosos exames de conhecimentos, aptidão física e psicológica, entre outros.
 
A ABCFAV desconhece qual a real situação do indivíduo citado, se ele exercia irregularmente a profissão ou se atuava em uma empresa de segurança privada clandestina. Nossa instituição repudia a prestação de serviços de segurança irregulares e a utilização do trabalho de profissionais sem a formação adequada.
 
Abaixo, nota de repudio do CONTRASP:

Notícias Relacionadas